Crônicas

O Cheiro do Méier
Arnaldo Niskier



Cada cidade tem o seu perfume.  Diria mais: cada bairro exala um perfume próprio, que lhe é característico.  Foi o que senti na visita feita ao bairro do Méier, na zona norte do Rio de Janeiro, para a inauguração da Biblioteca Arnaldo Niskier.  Em companhia dos queridos Celso, Andrea e Giovanna, deslocamo-nos  para o bairro que se tornou famoso, também, por ser o local de moradia do famoso Millôr Fernandes.

Senti um cheiro que me é familiar, pois nasci no bairro de Pilares, que uma professora da  Unicarioca esclareceu fazer  parte do Grande Méier.  Sou da rua Fernão Cardim, onde também morou o jurista Evaristo de Moraes Filho, que se tornou depois meu colega da Academia Brasileira de letras.  Ele tinha orgulho desse passado.
 
Ao me dirigir para a exemplar Biblioteca Arnaldo Niskier, dotada de todos os preceitos modernos, inclusive bons livros em quantidade suficiente, passei por outras ruas que aguçaram a  minha memória.  Na rua 24 de maio, no Riachuelo, cruzei com a rua em que morei: Filgueiras Lima, uma paralela à rua Marechal Bitencourt, onde fica até hoje o Riachuelo Tênis Club e o Clube dos Magnatas, um dos pioneiros do  futebol de salão no Rio de Janeiro.
 
No RTC, além de grandes festas e olímpicas maratonas, aprendi a tomar gosto pelo basquetebol.  Lá atuavam  grandes nomes do nosso esporte, como Ruy de Freitas e Passarinho.  Impossível esquecê-los.
 
Com o cheiro de Méier invadindo minhas narinas, cheguei à bonita sede da Unicarioca.  Um imenso cartaz afirma que 92% dos  ex-alunos recomendam a Unicarioca, considerado o melhor Centro Universitário do Rio,  segundo o MEC.  São 17 cursos de graduação presencial, desde Administração, passando por Engenharia e chegando a Redes de Computadores.  O número dos seus alunos vai aumentar com a próxima vinda dos cursos de Direito.  Hoje, são 15 mil alunos, nas suas quatro unidades:  Rio Comprido, Méier, Bento Ribeiro e Jacarepaguá.  A entidade dedica-se também à graduação à distância, com os seus cursos de Administração, Ciências Contábeis, Gestão de Recursos Humanos, Marketing e Pedagogia, onde tem assinalado as melhores notas do mercado.
 
Uma das razões da excelente qualidade dos cursos da Unicarioca é o tratamento dado aos seus alunos pela direção.  Segundo decisão do professor Celso Niskier, periodicamente ele próprio realiza reuniões com os alunos de toda a instituição, para ouvir as suas reivindicações e os comentários sobre o andamento das aulas.  Não raro ele toma providências administrativas de relevo, deixando no espírito dos  alunos a sensação de que são parceiros no comando, e não simples pagadores de mensalidades.

Neste momento, desenha-se uma crise nas grandes universidades  brasileiras, inclusive por causa do destino tomado pelo Fies.  Decisão do MEC altamente prejudicial aos alunos.  Desenha-se uma crise, mas dela a Unicarioca escapou em grande estilo.
  • Twitter - Arnaldo Niskier